Cartas à minha neta – Para ler quando for adulta

São poucas as autobiografias que revelam a maneira d o seu autor pensar – a maioria acaba por expor os êxitos e fracassos, esquecendo de mostrar as impressões sobre sua vida. Fugindo deste modelo que classifica como uma “vitrine de vantagens”, Armindo Trevisan constrói, ao longo das 17 cartas destinadas à neta Ingrid, sua “autobiografia… Continue lendo Cartas à minha neta – Para ler quando for adulta